Presidente da Câmara defende velocidade maior nos radares e agilidade da prefeitura

Facebook
WhatsApp
Email
Twitter

Na sessão desta segunda-feira (25/09), os vereadores de União da Vitória pediram mais agilidade nas respostas por parte da Prefeitura para as suas solicitações. Após a reunião, o presidente da Casa de Leis, Valdecir José Ratko, também, esclareceu que o assunto dos “radares não tramitou na Câmara”, indicando necessidade de mudança da velocidade máxima de 40 para 60 Km/h.

Ratko afirmou que os vereadores fizeram diversas proposições, requerimentos e indicações solicitando essa mudança de velocidade máxima permitida, atualmente de 40 para 60 Km/h. A situação gera críticas por conta de muitas pessoas terem sido multadas por ultrapassem esse limite. “Eu acredito que o objetivo desses radares não seja multar os motoristas e sim dar segurança”, frisou o presidente.

Segundo ele, dar segurança aos usuários. “Nós não podemos aceitar pessoas sejam multadas pela falta da devida sinalização”, justificou. Ratko ressaltou que o assunto sobre colocação de radares não passou “nada a respeito” pela Câmara de Vereadores. Há quatro meses, foram instalados sete radares fixos, três lombadas eletrônicas e cinco radares em semáforos. Em sete deles, a velocidade máxima é de 40 Km/h.

Ainda, o presidente da Câmara destacou a necessidade de mais agilidade da Prefeitura quanto às respostas de ofícios, requerimentos e indicações feitas pelos parlamentares. O entendimento é da necessidade de retorno mais ágil. “Porque os vereadores fazem as solicitações, está demorando vir as respostas”, disse em vídeo encaminhado pela assessoria de comunicação.

Da redação com informações e imagem da Câmara/assessoria de comunicação.