Morte de homem em Mallet pode ter envolvimento de adolescente, segundo a PM

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

O boletim policial da ocorrência, em que Geraldo Stemposki foi encontrado e a Polícia Militar (PM) acionada, traz mais detalhes sobre a morte. Familiares teriam relatado o consumo de bebidas e o Centro Comunitário sendo local de estadia da vítima, para descansar. O corpo foi encontrado ali após o homem não ter retornado para casa desde a noite passada. Um adolescente teria brigado com a vítima, durante a madrugada.

Por Geraldo não retornar, após supostamente ter saído na noite de sábado (22/07) para uma festa julina, os familiares passaram a procurar por ele. O Centro Comunitário, indicado como local para descanso do mesmo por vezes, foi alvo dessas buscas e ali estava o familiar sem vida. Além disso, a informação citada pela PM, é de que um adolescente estaria na companhia da vítima, no retorno para a Vila Rural.

Esse adolescente, segundo o relatório, teria comentado para conhecidos que “brigou com uma pessoa embriagada durante a madrugada [de domingo]”. Isso teria ocorrido mais de 12 horas antes do corpo ser encontrado e levantado suspeita sobre o envolvimento do menor no crime, que ainda segue sendo investigado por parte da Polícia Civil de Mallet, também esteve no local da morte.

O relatório da PM cita “lesão na testa (corte)” verificado em Geraldo. Além de respingos de sangue na rua, dando a entender tanto uma possível agressão, e dali a ligação com a dita briga com o adolescente, quanto uma queda. Machucado, o homem pode ter buscado esse abrigo no Centro Comunitário – no caminho para a residência, onde foi achado sem vida. Podendo ter passado longo período ferido, informação a ser verificada na autópsia do corpo.

Da redação com informações da PM e imagem reprodução/Studio W.